Razões pelas quais a dieta carnívora ainda não pode ser totalmente sustentável a longo prazo.

Atualizado: 26 de Ago de 2018

Se você chegou até aqui no artigo, provavelmente está percebendo que a dieta dos carnívoros não é tão ridícula quanto parece num primeiro momento. No entanto, existem algumas razões convincentes para não tentar - ou pelo menos não segui-lo por muito tempo - além do que já mencionamos.


(Este é o último de uma série de 7 posts de um artigo escrito originalmente por Sean Hyson, especialista certificado em resistência e condicionamento (C.S.C.S.), ele é o autor dos 101 Melhores Exercícios de Todos os Tempos, um best-seller da Amazon.com e o e-book A Verdade Sobre o Treinamento de Força. O texto original em inglês você encontra neste link: https://www.onnit.com/academy/the-carnivore-diet/)

Impacto ambiental


É seguro dizer que, se todos adotassem essa dieta, o mundo ficaria sem animais rapidamente. Apoiar as práticas de agricultura orgânica e comer localmente é uma maneira inteligente e nobre de melhorar o bem-estar dos animais e reduzir os poluentes, mas aumentar drasticamente a demanda por carne teria, sem dúvida, um efeito prejudicial ao planeta - pelo menos enquanto os métodos agrícolas convencionais permanecessem difundidos.


Legumes ainda são bons


Carnívoros culpam as plantas por problemas digestivos. Grãos, legumes e nozes são de fato fontes de ácido fítico, um antinutriente que pode impedir a absorção de ferro e zinco pelo organismo. Mas de acordo com St. Pierre, o impacto negativo que isso tem na sua nutrição é mínimo. "Os dados sobre ácido fítico, lectinas e inibidores de triptina estão longe de ser tão ruins quanto as pessoas gostam de pensar", diz St. Pierre. As plantas têm sistemas de defesa inatos para desencorajar os predadores a comê-los, mas isso não significa que eles não possam ou não devam ser comidos. Da mesma forma, "uma lagosta tem uma concha e garras para se defender, mas isso não significa que você não possa comê-la", diz St. Pierre.


Além disso, a maneira como preparamos os alimentos reduz a potência dos antinutrientes dentro dele. Quando o pão é assado com levedura, o conteúdo de ácido fítico nos grãos se dissipa. Os níveis também são baixos em grãos germinados e pão de fermento. "Ao mesmo tempo", diz St. Pierre, "em quantidades razoáveis, o ácido fítico também tem alguns benefícios potenciais para a saúde, sendo um deles anticancerígeno, e pode quelar metais pesados". Um desses metais pesados, ferro, pode ser tóxico em quantidades elevadas. E você corre o risco de obter tais quantidades em uma dieta exclusivamente de carne.


Isso não quer dizer que algumas pessoas não são especialmente sensíveis a certos alimentos vegetais. Se você conhece algo que incomoda você, não coma. Mas provavelmente é melhor não eliminar toda a vegetação da sua dieta com base em uma reação a um ou dois tipos.


Sustentabilidade


O planeta não é a única coisa que poderia sofrer se você fosse exclusivamente carnívoro o tempo todo. Você pode acabar odiando a vida, não importa o quão legal a idéia de comer hambúrgueres e bacon o dia todo soa para você agora. Uma rigorosa dieta animal significa que não há cerveja, não há abacates para a sua Noite mexicana...

Você pode dobrar as regras e ter seus dias de trapaça, mas você não está realmente fazendo a dieta, está?


Munsey diz que não teve muitas ânsias na dieta dos carnívoros, mas desde então adicionou algumas plantas e os carboidratos ocasionais em prol da saúde a longo prazo. “Eu ainda sigo bastante a dieta carnívora porque eu amo o jeito que me sinto em relação a isso. Mas é muito difícil seguir a dieta quando você viaja. Se você não consegue encontrar carne de alta qualidade na estrada, precisa ter cuidado com o local onde você come. Mas isso também pode fazer parte da emoção de ser carnívoro ."


"É divertido pedir duas costelas e nada mais e ver como o garçom reage", diz Munsey. “Eu estava em um aeroporto e peguei quatro hambúrgueres e o gerente saiu para confirmar que meu pedido estava certo. Isso definitivamente afasta as pessoas."

572 visualizações

Dieta Carnívora Brasil no Instagram